fbpx

SAC: entenda o que é e como usá-lo

O SAC, conhecido também como Serviço de Atendimento ao Consumidor, é um setor fundamental em qualquer empresa para garantir um bom atendimento aos clientes e, consequentemente, aumentar a sua satisfação.

Essa ferramenta é utilizada para realizar uma comunicação direta com o consumidor e, assim, melhorar o relacionamento entre marca e cliente. Ela é a responsável por responder dúvidas, resolver problemas, além de dar informações sobre os produtos ou serviços da empresa.

Quer entender melhor o que é um SAC e como ele funciona na prática? Então continue a sua leitura e confira o nosso guia completo sobre o assunto!

Duas pessoas em um call center com a frase SAC, o que é?

 

O que é SAC?

O SAC é a sigla usada para Serviço de Atendimento ao Consumidor, uma ferramenta de comunicação onde os clientes podem entrar em contato diretamente com a empresa para tirar dúvidas, resolver determinados problemas, pedir informações e até mesmo sugerir melhorias.

Em alguns setores do mercado, esse tipo de serviço é obrigatório, como no caso de bancos, planos de saúde, telefonia e energia. Originalmente, o atendimento era realizado por telefone — um meio muito utilizado até os dias atuais — mas hoje em dia é possível encontrar vários outros canais.

O principal objetivo do SAC é melhorar a experiência dos clientes e aumentar a sua satisfação em relação à marca, tornando o relacionamento da empresa com os seus consumidores mais saudável.

Como funciona o SAC?

Até um tempo atrás, os SACs funcionavam quase que exclusivamente por telefone, sendo utilizados calls centers para o recebimento das diversas ligações de clientes.

No entanto, com a tecnologia evoluindo cada vez mais, se tornou necessário aumentar o número de canais utilizados para alcançar o público.

Atualmente, é possível encontrar SACs via internet, WhatsApp e em muitos outros meios de comunicação. Além disso, as empresas podem montar a sua própria equipe interna para o atendimento ou investir em call centers terceirizados para cuidar desse setor.

Seja qual for o formato escolhido, é essencial que os atendentes sigam um script pronto e os protocolos determinados pela marca. Isso ajuda a garantir um padrão de qualidade no serviço e evita problemas no atendimento, como a falta de capacidade para tirar dúvidas.

Uma mesa de um call center com a frase tipos de SAC à direita

 

Quais são os tipos de SAC?

Os serviços de atendimento ao cliente devem sempre estar se adaptando às necessidades dos consumidores, garantindo a resolução de problemas com agilidade e eficiência em diferentes casos.

Confira a seguir quais são os dois principais tipos de SAC:

SAC proativo

O SAC proativo ou ativo é o modelo onde a própria empresa toma a iniciativa de entrar em contato com os consumidores. Esse é um tipo de estratégia muito interessante para os casos em que a marca já prevê que o cliente possa ter algumas dúvidas em relação aos produtos ou serviços.

Se a sua empresa lançou uma nova funcionalidade na plataforma ou um serviço novo, você pode entrar em contato por e-mail e enviar um tutorial explicando como usá-lo, além de respostas para dúvidas comuns em um FAQ, por exemplo.

SAC receptivo

O SAC receptivo ou reativo é o mais tradicional, sendo o formato onde o cliente entra em contato com a empresa para tirar uma dúvida ou resolver um problema.

Nesse modelo de atendimento é fundamental que a sua equipe esteja bem preparada para solucionar as questões trazidas pelos consumidores com agilidade.

Por que o SAC é importante para a sua empresa?

O SAC é um serviço essencial para as empresas e também para os clientes, afinal, esse é um canal de comunicação direto entre ambas as partes. Por meio dele é possível solucionar diversos problemas e até mesmo tirar algumas dúvidas comuns.

Com isso, as marcas aumentam a satisfação dos seus consumidores e ganham mais credibilidade no mercado. Além disso, com uma ferramenta como essa, você tem muito mais facilidade em conhecer o seu público-alvo.

Tendo um bom conhecimento sobre, você pode otimizar as suas estratégias de marketing e também melhorar os seus produtos com foco naquilo que o seu público deseja.

Qual a diferença entre SAC e ouvidoria?

Apesar de muitas pessoas confundirem essas duas ferramentas e acharem que elas são a mesma coisa. Porém, elas são bem diferentes entre si.

O SAC é uma forma mais direta de comunicação entre empresa e cliente, utilizada para tirar dúvidas comuns e resolver problemas simples. Já a ouvidoria é um canal que atua em casos mais complexos e de maior proporção.

Ela costuma ser um setor com diferentes possibilidades para o cliente recorrer, indo até mesmo aos órgãos de defesa ao consumidor. Geralmente, essa é a última instância até medidas mais graves, como um processo.

Só que para o cliente entrar em contato com a ouvidora, normalmente, é necessário passar pelo SAC antes.

Em quais canais o SAC pode ser realizado?

Além dos diferentes tipos de SAC, como o proativo e receptivo, temos também diversas possibilidades de canais onde ele pode ser realizado. Com o passar do tempo, as tecnologias e formas de comunicação foram evoluindo, assim, foi necessário que os SACs também se adaptassem às mudanças.

Confira a seguir as variações de SAC que surgiram e os seus canais de utilização:

SAC 1.0

O SAC 1.0 foi o primeiro modelo a ser utilizado por boa parte das empresas, ainda no início da evolução digital. Nesse modelo, o foco era resolver problemas que não poderiam ser solucionados nas lojas físicas das marcas e o seu principal meio de comunicação era o telefone.

SAC 2.0

O modelo 2.0 surge no momento em que as empresas precisam começar a se adaptar aos outros canais de comunicação existentes, como as redes sociais e sites na internet.

Uma das características desse formato de SAC é o uso de softwares próprios para esse tipo de tarefa, sendo utilizados para ajudar as equipes de atendimento a resolver os problemas com mais agilidade.

SAC 3.0

O 3.0 é uma forma ainda mais moderna e avançada de se comunicar com os consumidores, indo além dos sites e mídias sociais, apostando em aplicativos mobile para fortalecer essa relação.

A ideia do SAC 3.0 é resolver os problemas antes mesmo deles aparecerem, utilizando um monitoramento.

SAC 4.0

Nos dias atuais, o formato encontrado é o do SAC 4.0 que prioriza a experiência que o cliente tem durante o atendimento e, também, foca na integração entre diversos canais de comunicação, o chamado omnichannel.

Nesse caso, a inteligência artificial já começa a se fazer presente também nos atendimentos, com o uso de chatbots e outras ferramentas para solucionar problemas rapidamente.

Como criar um SAC?

Criar um SAC é muito importante para praticamente qualquer negócio, porém, de nada adianta oferecer um serviço como esse e ele proporcionar uma péssima experiência aos consumidores.

Por isso, é essencial saber como montar um Serviço de Atendimento ao Consumidor da forma correta. Confira as melhores dicas a seguir:

1. Escolha os canais certos

Um dos pontos mais importantes na hora de montar o seu SAC, é identificar quais são os canais mais utilizados pelo seu público e investir neles. Afinal, será nesses meios de comunicação que você conseguirá atingir a maior parte dos seus consumidores.

Por exemplo, se o seu público costuma utilizar muito o WhatsApp, então foque mais nesse canal para garantir a melhor experiência aos seus clientes. Nesse caso, vale a pena investir em um robô para WhatsApp, uma solução que vai agilizar os atendimentos.

2. Tenha um atendimento eficiente e ágil

Outro fator fundamental para um SAC é a agilidade e eficiência na hora de realizar os atendimentos. Atualmente, em apenas alguns segundos é possível que o seu cliente tome uma decisão de compra diferente, por isso, cada segundo importa na hora de atender.

Com a tecnologia atual, isso se torna possível para diversas empresas, até mesmo as menores. O uso de chatbots e mensagens automáticas auxilia a proporcionar uma experiência ainda mais ágil.

3. Invista em conteúdos educativos

Investindo em conteúdos educativos em um blog, você consegue diminuir bastante a quantidade de pessoas que se dirigem ao SAC. Isso acontece porque a maioria das dúvidas que chegam ao serviço são bem simples e podem ser tiradas com uma rápida leitura.

Dessa forma, você deixa a sua equipe de atendimento menos sobrecarregada e permite que eles foquem nas solicitações mais complexas.

4. Avalie o desempenho

Por fim, depois de montar o seu Serviço de Atendimento ao Consumidor, é importante monitorar a performance da sua equipe para mensurar a sua eficiência em responder às solicitações.

Como melhorar o atendimento do seu SAC?

Agora que você sabe o que é, como funciona e como montar o seu próprio SAC, é hora de conferir algumas dicas essenciais para melhorar o seu atendimento e garantir a satisfação dos clientes. Confira a seguir algumas delas:

  1. Conheça bem o seu público-alvo;
  2. Seja transparente;
  3. Ofereça a melhor experiência ao seu usuário;
  4. Faça um atendimento humanizado;
  5. Automatize o que for possível.

Entendeu como funciona um SAC e a sua importância para as empresas? Agora você sabe como montar um e aproveitar de todas as vantagens que essa ferramenta proporciona na sua relação com os clientes. Aproveite e confira também o que é a lei do SAC, as suas principais regras e muito mais!