fbpx
Pesquisar

O que é big data? Entenda como funciona e tome melhores decisões!

As informações apresentadas por esta ferramenta vão te proporcionar novos insights de forma rápida. Dessa forma, você consegue identificar novas oportunidades, melhorar etapas, prever tendências, aperfeiçoar a experiência do usuário e mais. Os dados são coletados de diversas fontes diferentes, te entregando resultados confiáveis.

Esta macroferramenta é muito famosa e vem sendo cada vez mais usada quando se trata de processar grandes quantidades de dados, permitindo novas descobertas importantes para o seu negócio. Confira todas as informações abaixo e tenha uma boa leitura!

Mas, afinal, o que é e para que serve o big data?

O big data é uma ferramenta que utiliza um conjunto de tecnologias. Fazendo a coleta, interpretação e análise de dados. Estas informações são coletadas de diferentes fontes, assim os resultados são muito mais confiáveis, seja para entender o comportamento do consumidor, prever tendências e mais.

As empresas utilizam esta macroferramenta para ter acesso a diversos tipos de dados que são transformados em informações úteis. É por este motivo que o big data é utilizado em diferentes setores.

Coleta e análise de dados do big data

Com novas tecnologias, é possível coletar dados de diferentes lugares e tipos. Permitindo novas análises para otimizar produtos, serviços prestados, vendas e mais. Assim, você pode utilizar essas informações para suas estratégias, como:

  • Identificar novas tendências e adaptar seus produtos/serviços;
  • Tomar melhores decisões para o seu negócio;
  • Otimizar as etapas da sua empresa;
  • Manter-se competitivo no mercado;
  • Segmentar seus consumidores com base em dados demográficos;
  • Oferecer atendimento personalizado para seus clientes;
  • Direcionar as campanhas de marketing;
  • Melhorar a experiência do cliente.

Como o big data funciona?

Agora que você já sabe o que é big data e para que serve, para utilizar essa macroferramenta, é preciso considerar a estrutura dos dados e as etapas que deve seguir antes de implementar na sua empresa, que são:

  1. Comece por definir a estratégia;
  2. Identificar a origem dos dados;
  3. Acessar e analisar as informações;
  4. Traçar a estratégia e tomar decisões.

O que são os 5 V’s do big data?

São características que te permitem fazer o melhor uso dessa tecnologia, além de aplicar esses dados em diferentes setores da sua empresa, confira:

1. Volume

Este pilar se refere à quantidade de dados que a ferramenta consegue processar por segundo. Além de processar diferentes fontes de dados, como e-mails, redes sociais, dispositivos eletrônicos, fluxos de cliques em aplicativos móveis, entre outros. A quantidade de dados depende do porte de cada empresa, pois umas utilizam mais dados e outras menos.

Confira também: Chatbot: o que é, como funciona e vantagens.

2. Velocidade

A macroferramenta consegue encontrar padrões em uma velocidade incrível. Algumas empresas utilizam a nuvem para otimizar os resultados do big data.

3. Variedade

Os dados são coletados em diferentes lugares, ou seja, cada origem entrega um tipo de dado, assim a ferramenta precisa organizá-los e interpretá-los para entregar as informações legíveis.

4. Veracidade

Com tantos dados, como saber quais são verdadeiros ou não? Para se certificar da veracidade das informações, o big data busca dados verídicos, como imagens, informações de reconhecimento facial, entre outros.

Leia também: Conversar com inteligência artificial: conheça os benefícios.

5. Valor

Este pilar visa oferecer informações que sejam relevantes para o usuário. De modo que consiga identificar padrões, tendências, melhorias das rotinas internas, análises de mercado e mais.

Por que utilizar o big data na minha empresa?

Optar por esta ferramenta é uma ótima oportunidade de otimizar seus processos e ainda, ser mais competitivo no mercado, tendo acesso aos dados gerados diariamente e quase em tempo real para traçar estratégias assertivas, como os exemplos abaixo:

  • Identificar processos que podem ser melhorados;
  • Minimizar custos;
  • Mitigar fraudes e golpes;
  • Verificar tendências sobre o comportamento dos consumidores e aplicar a psicologia no atendimento para aumentar a satisfação dos clientes;
  • Tomar melhores decisões;
  • Observar oportunidades de negócios.

Big Data, Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning

Com tantas tecnologias inovadoras, é comum que os desenvolvedores procurem formas de utilizá-las em conjuntos, como a IA, machine learning e o big data, alcançando outros tipos de utilidades. As IAs utilizam dados para aprender e executar tarefas, auxiliando na compreensão de dados massivos.

O machine learning, em tradução livre o aprendizado da máquina, trabalha de forma que as IAs aprendam sozinhas. Com grandes quantidades de dados do big data, essa ferramenta possibilita que as IAs tomem novas decisões conforme suas próprias experiências.

Para saber mais sobre a utilização dessas tecnologias, confira como funciona a IA no WhatsApp e otimize seus processos. Até lá!

Avalie esse post
Picture of Romulo Balga

Romulo Balga

Romulo Balga, CEO da Maxbot, atua há mais de 15 anos com atendimento ao cliente. Especialista em marketing e vendas e mentor de startups, ele começou sua carreira empreendedora desenvolvendo projetos para lojas virtuais. Durante esse período, Romulo percebeu a dificuldade das empresas em oferecer um atendimento de qualidade aos seus clientes.

Todos os posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Newsletter Maxbot

    Não perca nenhuma novidade

    Assine nossa newsletter e fique pode dentro dos novos conteúdos e lançamentos.



  • Posts recentes


  • Baixe o E-book gratuitamente!

  • conquiste clientes e impulsione vendas

  • Tags

  • API Atendimento ao cliente Marketing Plataforma Maxbot Redes sociais Vendas WhatsApp

  • Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

    Botão WhatsApp