fbpx
Pesquisar

Como proteger o WhatsApp: 6 dicas para pôr em prática

Diante de tantos golpes aplicados hoje em dia, é muito importante proteger o WhatsApp para garantir seu uso, seja como ferramenta de comunicação pessoal ou de trabalho.

Para isso, é possível realizar processos simples que garantem total cuidado com a conta para livrá-la de ataques e golpes dos cibercriminosos, que estão de olho nas pessoas desatentas para roubar seus dados bancários e outras informações pessoais importantes.

Seja no WhatsApp ou também no Telegram, se você quer elevar a segurança do seu aplicativo mensageiro preferido, continue sua leitura neste conteúdo e conheça os principais passos.

1. Ative a autenticação de dois fatores

A primeira dica é usar a autenticação em dois passos. Se o seu número for cadastrado em um celular estranho, uma senha será exigida pelo aplicativo ao golpista, que não a terá, porque apenas você sabe.

Abra o seu WhatsApp, prossiga para configurações e conta. Na próxima página, será explicado que para trazer segurança, haverá a solicitação de um PIN quando for registrado o seu número no aplicativo.

Como sugestão e para trazer maior segurança WhatsApp, o ideal é evitar usar senhas muito fáceis, como datas de aniversário conhecidas. As combinações difíceis são melhores para não serem descobertas pelos golpistas.

2. Use apenas a versão oficial do WhatsApp

A segurança do WhatsApp é essencial para todas as pessoas, pois é um meio de comunicação e exige muito cuidado. Dessa forma, o download realizado é na loja de aplicativos da Play Store ou Apple Store e com “LLC” no final, o qual é o oficial.

Nunca faça o download do aplicativo em sites estranhos, que você não conhece e que pede diversas informações. O WhatsApp original não solicita dados pessoais, apenas o contato telefônico, data de aniversário e nome.

3. Tenha atenção ao usar o WhatsApp Web

Quando você não estiver na sua casa e abrir o site no computador da empresa ou de terceiros, sempre faça o logout quando terminar o que precisa. Nunca saia do local sem conferir se o aplicativo está, de fato, fechado ou se removeu sua conta do site.

Caso você use o seu computador pessoal, não deixe de manter o antivírus atualizado. É uma das garantias protetivas que a máquina terá, evitando arriscar ter as informações vazadas ou hackeadas.

Você também pode se interessar — WhatsApp Business: entenda o que é e para que serve

4. Não abra links de contatos desconhecidos

Para aumentar a segurança WhatsApp, em nenhuma hipótese, abra links de contatos que você desconhece. Golpistas usam esse método para roubar as suas informações e tê-las para se passar por você como quiserem.

Se você não sabe como proteger o WhatsApp dos links estranhos, sugerimos que você printe a tela de contato do usuário e bloqueie em seguida. Não converse e não responda nada do que for perguntado, apenas realize o processo citado e denuncie a conta.

5. Nunca compartilhe o código enviado por SMS com ninguém

Em dúvidas a respeito do código, o ideal é nunca compartilhar. Ele é único e deve ser mantido em proteção com você, e caso solicitado em determinado momento, não o envie.

É mais um dos métodos que os golpistas possuem para tomar o WhatsApp do usuário e roubar as informações. Dessa forma, faz com que a conta seja perdida e não se consiga acessá-la mais.

6. Mantenha o aplicativo sempre atualizado

Para você que quer proteger o WhatsApp, temos uma dica necessária sobre a atualização, que é fazê-la com regularidade. Veja na sua loja de aplicativos se há disponibilidade de download e realize o processo que dura cerca de segundos.

Os testadores betas recebem conteúdos novos primeiro, que aparecem em pouco tempo aos demais usuários, para poder avaliar a atualização. É comum que o aplicativo se atualize sozinho, porém, é necessário conferir se está mesmo com a nova atualização ou se precisa ser atualizado.

Leia também: Automação de WhatsApp: o que e como fazer para ganhar tempo.

conheça os principais golpes realizados por whatsapp

Conheça os principais golpes realizados por meio do WhatsApp

Para aumentar a proteção da conta, apresentamos dicas essenciais para evitar que pessoas mal-intencionadas se apropriem dos seus dados. É necessário estar atento a diversos fatores que, quando os golpistas falham nos tópicos acima, partem a novas estratégias que os favoreçam no roubo de dados.

Se você receber mensagens estranhas e de pessoas que nunca conversou, seja de empresas ou usuários que se passam por atendentes de bancos, ignore-os.

Opte por bloquear o contato e denunciar a conta, pois os vendedores entram em contato apenas quando você compra na loja e realiza seu cadastro. Bancos tendem a ser muito mais difíceis de pedir informações pessoais por celular, portanto, cuidado.

Percentual de casos de golpes

Em 2021, o percentual de golpes era de 21%, em 2022 aumentou para 31%. É necessário que todas as pessoas fiquem atentas quanto aos contatos estranhos e bloqueie, caso não sintam confiança.

O ideal é manter uma rede de contatos nomeada. Evita que você receba mensagens de pessoas desconhecidas e caia em mais um dos golpes conhecidos que mencionaremos abaixo.

Golpe do Pix

Se você não souber como proteger o WhatsApp dos golpistas, esteja atento quanto a pedidos para atualizar os seus dados. São pessoas que se passam por bancos, como citado logo acima e pedirão:

  • CPF;
  • Senha do banco;
  • Conta e agência;
  • Token do Pix.

Os bancos nunca pedem informações pessoais dos clientes por WhatsApp. É normal que você receba ligações das instituições para se dirigir ao local e renovar determinados dados que estão mais antigos. Se pessoas estranhas mandarem mensagens com os dizeres acima, bloqueie.

Golpe do Código de Segurança

O golpe do código de segurança é um dos principais métodos que os criminosos encontraram de roubar as informações das pessoas. Chegará um SMS do aplicativo ao seu número com um PIN e, logo em seguida, uma mensagem no seu WhatsApp com o usuário que diz que o código foi enviado ao número errado.

É solicitado o compartilhamento da informação, porém, é mais uma fraude. Se você fornecer o que é pedido, perderá o acesso de imediato a sua conta. Tome cuidado com números estranhos que pedem códigos porque eles têm o seu contato para a aplicação de golpes.

Golpe da Mensagem Falsa

A mensagem falsa é realizada por criminosos que se passam por você. Elas terão acesso a pessoas próximas, os familiares, e informarão a troca de número e que o antigo precisa ser apagado.

Em um jogo psicológico, o golpista solicitará dinheiro ao informar que está em uma área com sinal fraco e não consegue sair de lá. Os contatados enviarão os valores sem questionar, devido à preocupação do local citado.

Falando nisso, você sabe o que fazer se seu número de WhatsApp for bloqueado? Confira aqui!

Golpe do Resgate do FGTS e Auxílio Brasil

Há mais um golpe em que os criminosos usam dados da pessoa para cadastrar ou acessar o FGTS, solicitar o saque-aniversário ou cadastrar para receber o empréstimo antecipado. Em diversas vezes, as informações pessoais podem ser adquiridas de você mesmo, ao responder dados pessoais.

O mesmo acontecerá ao Auxílio Brasil, usado com a técnica de phishing. São links específicos feitos por eles e que servirão para roubar os seus dados pessoais. Nunca clique em conteúdos estranhos de pessoas desconhecidas.

Agora que você aprendeu a como proteger o WhatsApp de golpistas, informe às pessoas próximas que não sabem sobre os perigos. Dessa forma, todos terão mais cuidado ao conversarem pela rede social e desconfiar dos que enviarem mensagens estranhas no aplicativo.

Os brasileiros caem com facilidade em golpes financeiros e é necessário tomar muito cuidado com a tecnologia. As pessoas mal-intencionadas estão por todas as partes e a proteção de aplicativos tão importantes quanto o WhatsApp é essencial. Pois, evita que você perca o controle do mensageiro.

É por esse motivo que estamos aqui para te ajudar com dicas completas que farão diferença na hora de se prevenir. Seja criterioso ao receber qualquer mensagem, analise, bloqueie e denuncie se você sentir que é um contato perigoso.

A propósito, já que estamos abordando o WhatsApp no post de hoje, que tal conferir também nosso post sobre vendas no WhatsApp com 6 dicas para bombar? Acompanhe nosso blog para mais conteúdos como este e até a próxima!

Avalie esse post
Picture of Romulo Balga

Romulo Balga

Romulo Balga, CEO da Maxbot, atua há mais de 15 anos com atendimento ao cliente. Especialista em marketing e vendas e mentor de startups, ele começou sua carreira empreendedora desenvolvendo projetos para lojas virtuais. Durante esse período, Romulo percebeu a dificuldade das empresas em oferecer um atendimento de qualidade aos seus clientes.

Todos os posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Botão WhatsApp