fbpx
Pesquisar

Scripts de vendas: conheça essa ferramenta e confira modelos

Existem empreendedores que ainda consideram que o momento de negociação deve ser completamente baseado na espontaneidade, e que somente assim o consumidor veria essa abordagem de forma natural. Porém, temos uma notícia: assim como as demais áreas, a gestão de vendas tem evoluído e compreendido que nada melhor que um bom planejamento para conquistar de vez o cliente.

E é como resultado dessas transformações e aperfeiçoamentos que surgem os scripts de vendas. Mas, afinal, o que são, como funcionam e como criá-los? Se deseja sanar essas dúvidas e ainda conhecer alguns modelos prontos para usar no WhatsApp, continue a leitura e descubra a seguir!

O que são scripts de vendas?

Scripts de vendas nada mais são que roteiros utilizados em diferentes tipos de abordagens para atrair consumidores. Ou seja, são uma espécie de direcionamento geral para que pontos importantes e estratégias fundamentais não fiquem de fora dessa dinâmica.

Sua aplicação pode ser feita nos mais diferentes canais de um negócio, desde mensagens via WhatsApp até o contato presencial. E essa solução surge, portanto, enquanto uma modalidade de apoio que tem como maior objetivo o fortalecimento e qualificação das trocas e relacionamento entre empresa e clientes.

No entanto, é preciso também reforçar que essa estruturação deve ser pensada para que ela não seja adotada como uma formulação rígida — capaz de causar algum estranhamento ou distanciamento, mas sim como um recurso de padronização de dados e informações que buscam tornar a etapa de vendas mais assertiva.

Saber atrair clientes em potencial para uma conversa inbox é importante para um bom relacionamento e transformá-los em leads de qualidade, aprenda como fazer com o vídeo abaixo:

como funcionam os scripts de vendas

Como funcionam os scripts de vendas?

Os scripts de venda funcionam como um checklist ou passo a passo semi estruturado que são pensados para servir como condutores de uma conversa. Eles não são feitos como um roteiro permanente, justamente porque admitem que ajustes sejam aplicados diante do reconhecimento de novas inclinações, padrões ou questionamentos dos consumidores.

Logo, evoluem e são aprimorados com base no próprio alinhamento e amadurecimento da organização.

Imagine, por exemplo, que sua empresa irá realizar o lançamento de um serviço ou produto no mercado e que, diante dessa novidade, muitos usuários irão precisar de um detalhamento desse funcionamento. O departamento responsável então formula um roteiro padrão e esclarecimentos como mensagens que integram o script de vendas para aquele ciclo.

Agora que explicamos o que é e como funciona essa poderosa ferramenta de vendas, veja outros insights para aumentar seu lucro com o texto “Como vender mais – dicas práticas para aplicar na empresa”!

Como fazer um bom script de vendas?

A criação de bons scripts de vendas conta com algumas considerações essenciais para a obtenção de sucesso. Por isso, conheça um passo a passo completo para auxiliá-lo:

1. Conheça o seu público e defina uma linguagem

Para que esse roteiro seja percebido de uma maneira positiva, precisa estar completamente alinhado ao posicionamento, linguagem, tom de voz e abordagem característicos do seu negócio. Assim, deve partir das principais demandas, preferências e necessidades do público-alvo.

2. Esteja por dentro do processo comercial da sua empresa

Qual o perfil das fases de vendas do seu negócio? Quais são as principais métricas e objetivos traçados? De que forma os scripts de vendas podem ser incorporados e em qual momento serão aplicados? Todos esses questionamentos são obrigatórios, já que o processo comercial apresenta diferenças e variações conforme a realidade de cada empreendimento.

No geral, visualizamos pelo menos 6 etapas comuns:

  • Sondagem de consumidores;
  • Nutrição de leads;
  • Oferecimento do serviço ou produto;
  • Negociação;
  • Conclusão da venda;
  • Pós-venda.

    Aproveite e confira depois como fazer um bom pós-venda com as dicas do blog da Maxbot!

3. Escolha o canal

A definição do canal deve ser bem analisada, já que pode ser um divisor de águas na maneira pela qual a abordagem é recebida. Considere quais são os principais meios utilizados pelo público-alvo e, dentre eles, qual reflete melhor a preferência dos clientes.

Se possível, opte por um recurso que apresente uma flexibilidade diante do formato de trocas (viabilizando, além do texto, o uso de áudios, gráficos e imagens). Nesse sentido, o WhatsApp desponta enquanto um dos meios mais propícios por ter se tornado, nos últimos anos, a ferramenta de comunicação mais utilizada pelos brasileiros.

4. Torne-se um especialista no serviço ou produto

É preciso constantemente bater na tecla de que ninguém pode conhecer melhor o produto ou serviço vendido do que o seu time de vendas. Afinal, esse nível de especialidade e envolvimento farão total diferença no momento de negociações e convencimento da compra.

O seu consumidor não sabe todo o potencial daquele item e cabe a você destacar as vantagens e diferencial competitivo daquela compra e também da empresa. Portanto, na hora de elaborar os scripts de vendas, detalhe os benefícios, preços, características e modalidades de pagamento.

5. Estruture e compartilhe os modelos de scripts de vendas

Você também precisa julgar a fase que esse consumidor se encontra dentro do funil de vendas, porque cada uma dessas etapas demanda uma postura diferente. Logo, jamais cogite usar o mesmo padrão para públicos em jornadas distintas.

Agora que apresentamos esse panorama, está na hora de conhecer mais a fundo como utilizá-los. Então, acompanhe a seguir de que forma esse roteiro pode ser implementado no WhatsApp.

como usar os scripts no whatsapp

Como usar os scripts de vendas no WhatsApp?

Se o seu negócio possui uma boa cartela de contatos de clientes pelo WhatsApp, nada melhor do que aproveitar esse cenário para investir em scripts de vendas específicos para o canal. Afinal, estamos falando de um aplicativo de troca de mensagens já consolidado e presente em boa parte do território nacional.

E antes de mostrarmos os exemplos que preparamos, confira quais são algumas das orientações que você deve ter em mente na hora de definir a estrutura para o Wpp:

  • Existe espaço para a criatividade: portanto, conte com o nível de inclusão desse aplicativo na rotina do público e aposte em uma comunicação criativa e que explore essa proximidade;
  • Seja direto e preciso: a praticidade do WhatsApp se traduz na velocidade com o que os usuários leem e consomem informações. Portanto, nada de criar abordagens longas e maçantes;
  • Apresente soluções: o maior objetivo é o de apresentar o diferencial do produto e instigar o cliente a entender exatamente como aquilo pode sanar as necessidades e demandas dele;
  • Recorra à automação: serviços de chatbots podem incorporar os padrões e scripts de vendas com a capacidade de escalonar o seu alcance de vendas, então, vale a pena apostar nessa funcionalidade ao trazer inovação tecnológica para essa dinâmica.

Modelos de script de vendas pronto para WhatsApp

As especificidades do negócio irão moldar esse padrão de vendas e, após defini-las, faça revisões e adaptações constantes. De maneira geral, cada modelo busca seguir os seguintes passos:

  1. Apresentação da empresa;
  2. Legitimação/reconhecimento da necessidade do consumidor;
  3. Revelação da proposta de solução;
  4. Sinalização das possibilidades de negociação;
  5. Finalização da compra.

Conheça alguns dos principais modelos de script de vendas pronto para WhatsApp:

1. Modelo de script para prospecção

” Olá, ______________, como vai?

Somos a empresa (identificação do negócio) e podemos auxiliá-lo com (reconhecimento da necessidade) por meio do nosso produto ou serviço X, que (apresentação da solução). Nossos clientes já vivenciaram um (resolução da questão e vantagens) e você pode ser o próximo.

Podemos conversar sobre essa possibilidade e demonstrar as modalidades de aquisição e pagamento? Ficaremos felizes em ajudar!”

2. Modelo de script para a fase de nutrição de leads

”Olá, ___________, tudo bem?

Vimos que você realizou o download do material X a respeito do X. Pensando nisso, separamos algumas outras informações que podem te auxiliar a compreender melhor a questão X:

  • listagem

Esperamos que faça um bom proveito e, caso tenha qualquer dúvida, conte com nossos esclarecimentos.”

3. Script para apresentação do serviço ou produto

”Olá, ___________, como vai?

Nessa semana/mês estamos com promoções imperdíveis de (sinalização dos produtos). Já pensou em (mencionar a necessidade) com o auxílio das melhores ofertas de (soluções)?

Caso tenha interesse, nos sinalize para que possamos enviar maiores detalhes!”

4. Script de pós-venda

”Olá, _______, tudo bem?

Obrigada pela confiança e aquisição do produto ou serviço X. Para agradecer sua compra, deixo a seguir um código de desconto para a próxima aquisição. Aproveite e confira outras ofertas!

Em caso de dúvidas, estamos à disposição para proporcionar a você a melhor experiência de compra!”

E então, o que achou de conhecer mais sobre nossas dicas de implementação e planejamento dos scripts de vendas? Pronto para fazer o seu negócio decolar? E para continuar por dentro das principais dicas e orientações, acompanhe o nosso blog. Aproveite para já conferir como conseguir fidelizar clientes e coloque o guia em prática.

Até mais!

Avalie esse post
Picture of Romulo Balga

Romulo Balga

Romulo Balga, CEO da Maxbot, atua há mais de 15 anos com atendimento ao cliente. Especialista em marketing e vendas e mentor de startups, ele começou sua carreira empreendedora desenvolvendo projetos para lojas virtuais. Durante esse período, Romulo percebeu a dificuldade das empresas em oferecer um atendimento de qualidade aos seus clientes.

Todos os posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Botão WhatsApp